quarta-feira, 29 de março de 2017

Recife, bate-volta para a Praia de Porto de Galinhas, roteiro de 5 dias | (parte 4)

A Paria de Porto de Galinhas foi o primeiro dos bate-voltas realizado na cidade de Ipojuca que tem as praias de Camboa, Muro Alto, Pontal de Cupe, Porto de Galinhas (a praia da vila dos jangadeiros), Maracaípe, Pontal de Maracaípe, Enseadinha, Serrambi e Toquinho.

Dizem que na época do comércio ilegal de escravos, o nome da praia era Porto Rico e a frase “tem galinha nova no porto” era usada para anunciar a chegada de novos escravos escondidos nos engradados de galinhas D’Angola, o lugar acabou ficando conhecido como a Praia de Porto de Galinhas.

Dia 4
Chegamos cedo alugamos um guarda-sol com cadeiras e aproveitamos a praia pela manhã, uma recomendação, evite comprar pintura à mão em azulejo oferecida por criança, apesar de ser bonita, a tinta não seca (isso aconteceu com a gente).




Na parte da tarde fomos de jangada até as piscinas naturais, o passeio só é realizado na maré baixa (consulte a tabua de marés para saber que horas será), então tivemos sorte, aqui cabe outra recomendação, use um chinelo ou sapato fechado, os recifes e corais que formam as piscinas estão cheios de ouriços.




Os peixinhos presos nos recifes e piscinas, por causa da maré baixa, acabam tornando-se a atração, os jangadeiros oferecem máscara, snorkel e ração para atrair os peixes, a festa é garantida e fica completa com uma visita à piscina natural que faz alusão ao mapa do Brasil.



Para finalizar o dia fomos conhecer o comercio de artesanato e as famosas galinhas gigantes espalhadas pelas ruas.









Dúvida, crítica ou sugestão sobre este artigo, compartilhe com o Turista Desbravador postando um comentário.

Confira como foi a parte 1, parte 2, parte 3, parte 5 e parte 6.

Dê um PIN na imagem abaixo e salve esse roteiro no seu Pinterest!
IMAGENS: Turista Desbravador

Nenhum comentário :

Postar um comentário